Uma experiência de desenvolvimento institucional


Proposta de macro processo de formação

Uma das formas de aprendizagem em que o Instituto C&A acredita é aquela que proporciona vivências e trocas de experiências. Na formação pela vivência, nossos parceiros foram conhecer experiências, mas também levaram seus próprios aprendizados, estabelecendo um diálogo que enriqueceu a todos.



O Programa “Escola de Leitores”


O projeto

Em parceria com Secretarias Municipais de Educação e com a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNL), buscamos estimular a leitura nas escolas públicas.

Objetivos

Mobilizar as comunidades escolares para a implantação, aprimoramento e consolidação de projetos de promoção da leitura e de formação de leitores nas redes públicas de educação.

Ações

Apoio técnico e financeiro aos projetos e a promoção de um intercâmbio com as políticas de promoção da leitura na Colômbia.

Lançamento

Desenvolvemos o conceito do projeto em uma proposta técnica, e criamos um edital para seleção de projetos. Para os selecionados, criamos um questionário de monitoramento e diagnóstico.


Proposta Técnica


Edital


Questionário de Monitoramento

Intercâmbio Cultural (2010)

22 escolas vencedoras foram levadas para um intercâmbio cultural na cidade de Bogotá, na Colômbia, onde 40 professores conheceram de perto algumas das bibliotecas públicas e escolares do país e como elas funcionam para a formação de leitores.

Artigo: Concurso Escola de Leitores

Um relato do projeto que conta sobre o desenvolvimento da iniciativa e a experiência do intercâmbio.



Segunda edição – 2011-2012

Estudo de cenário

Feito para a segunda edição do programa, abordou os antecedentes históricos da leitura no sistema público, além de indicar possíveis cenários de atuação. Dentre os principais apontamentos está a atuação do Instituto na formação de professores, no desenvolvimento de estudos e pesquisas com universidades, politicamente com deputados e senadores, com meios de comunicação, em prol da biblioteca da escola e para as famílias.

Edital 2ª edição


Intercâmbio 2012

O prêmio do intercâmbio cultural com a Colômbia levou dessa vez 48 professores, jornalistas brasileiros convidados e formadores de opinião.



A avaliação da segunda edição do projeto, feita em parceria com o IDECA – Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e de Ação Comunitária, concluiu que:


  • Nas escolas o maior desafio é consolidar e sistematizar as práticas de leitura.
  • Os espaços de leitura existem e são adequados, mas o investimento se direciona para organização e modernização.
  • Os professores devem ser equipados para gerenciar e ampliar seus projetos. Ferramentas de liderança e motivação podem ser úteis para mobilizar e, consequentemente, engajar mais professores.
  • O ponto mais crítico é no envolvimento dos pais e da comunidade do entorno, tanto na aproximação de atividades de leitura para esse público quanto na disponibilização de espaços e acervos.


Terceira edição – 2014

Em 2014 novamente realizamos um edital, que trouxe uma nova leva de escolas ao projeto e culminou com mais uma viagem de intercâmbio na Colômbia.

Edital 3ª edição

Livro Prazer em Ler (2016): Reunindo os aprendizados

                    >

Essas e outras experiências de incentivo à leitura foram reunidas no Livro do Programa Prazer em Ler (PPL), desde 2006 até 2016, em dois volumes. O volume 1 tem como foco os programas de criação de bibliotecas comunitárias, e o volume 2 bibliotecas escolares. Além disso, trazem um contexto da leitura no Brasil.


O Projeto Paralapracá

Outra experiência de intercâmbio, através da visita a Regio Emilia, na Itália, região de referência na questão da educação infantil.

O desafio era compreender como que, investindo continuamente e de forma estruturada, mudamos um município e a história de vida das crianças.

Para isso, preparamos e mobilizamos prefeitos e secretários municipais de educação para a implementação do projeto de Educação Infantil que estava sendo proposto.